quarta-feira , 19 junho 2024
Capa » Esportes » Seleção Brasileira ganha prêmio por ação contra racismo
Seleção Brasileira ganha prêmio por ação contra racismo

Seleção Brasileira ganha prêmio por ação contra racismo

A Seleção Brasileira foi agraciada no Prêmio The Best, nesta segunda-feira, ao receber o Fifa Fair Play, honraria referente à ação feita em amistoso disputado contra Guiné, em junho do ano passado, em Barcelona.

Naquela oportunidade, os jogadores atuaram com uniforme negro durante o primeiro tempo, em gesto contra o racismo.

Além da cor preta, o uniforme também trazia um patch com o lema “com o racismo não tem jogo”.”Agradeço à Fifa e a toda a comunidade do futebol no mundo pelo reconhecimento da luta da CBF contra o racismo e o preconceito.

Essa ação é uma prioridade desde o primeiro dia da minha gestão”, afirmou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o primeiro negro e nordestino a comandar a entidade.

“Esse prêmio nos dá ainda mais motivação para continuarmos na nossa luta e servir de modelo para outros países. Vale lembrar que somos a única federação de futebol do mundo que criou um dispositivo que prevê a perda de pontos por causa de atos de racismo. Outros avanços virão”, acrescentou.

A iniciativa da CBF se deu a partir de repetidos atos de racismo contra Vinícius Júnior na Espanha. O jogador foi o centro das atenções durante a estadia da Seleção em Barcelona, notadamente nos dias que antecederam à partida, e chegou a receber a visita do presidente da Fifa, Gianni Infantino, no hotel.

O dirigente da entidade máxima do futebol aproveitou a ocasião para se reunir com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e o próprio Vinicius Júnior, aos quais anunciou a intenção de criar um grupo com jogadores em atividade para “sentir e entender as emoções dos atletas”, no que seria uma ação de combate ao racismo.

Infantino disse que Vinícius Júnior seria o líder desse grupo. No amistoso, assim que a partida começou, os jogadores se ajoelharam e se sentaram no gramado, em forma de protesto. O Brasil venceu Guiné por 4 a 1 e um dos gols foi marcado pelo atacante.

Seis ex-jogadores da Seleção Brasileira subiram ao palco na hora da entrega do prêmio, recebido por Cafu, capitão do pentacampeonato. Roberto Carlos, Ronaldo, Roque Júnior, Belletti e Júlio Cesar lhe fizeram companhia.

FONTE: CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

6 − um =