sábado , 15 junho 2024
Capa » Esportes » Conmebol condena briga em Brasil x Argentina e diz que sanções cabem à Fifa
Conmebol condena briga em Brasil x Argentina e diz que sanções cabem à Fifa

Conmebol condena briga em Brasil x Argentina e diz que sanções cabem à Fifa

A Conmebol divulgou nota oficial na tarde desta quarta-feira (22), dia seguinte à briga na arquibancada do Maracanã, antes de Brasil x Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. A entidade condenou os atos de violência, mas salientou que possíveis sanções cabem à Fifa.

A Conmebol disse que coopera sempre “com ações que visem banir a violência, o racismo, a xenofobia e a discriminação”.

Além disso, afirmou se colocar à disposição para colaborar com “qualquer iniciativa que busque erradicar a intolerância e a violência no esporte”.

A confusão entre torcedores brasileiros e argentinos teve início no momento em que o hino da Argentina tocava no Maracanã.

Posteriormente, a PM do Rio passou a brigar com os hermanos, com agressões com cassetetes.

Os jogadores argentinos foram ao local onde acontecia a briga, e chegaram a deixar o gramado. O jogo atrasou atrasou em meia hora enquanto a briga era resolvida.

As explicações posteriores para as cenas de violência constituíram um verdadeiro jogo de empurra entre CBF, organizadores e PM pelas responsabilidades.

Veja nota da Conmebol:

“Após os acontecimentos ocorridos durante as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 e com o objetivo de informar a opinião pública, cabe o seguinte esclarecimento:

A CONMEBOL condena todas as formas de violência e sempre cooperará com ações que visem banir a violência, o racismo, a xenofobia e a discriminação.

Neste sentido, a Confederação Sul-Americana tem trabalhado sistematicamente para erradicar este flagelo que atinge o futebol sul-americano e mundial; e se coloca à disposição para continuar colaborando em qualquer iniciativa que busque erradicar a intolerância e a violência no esporte.

Da mesma forma, destaca-se que a CONMEBOL não é organizadora das eliminatórias para a Copa do Mundo.

O desenvolvimento das regras que regem as eliminatórias, bem como a decisão de abertura de investigação e a aplicação de possíveis sanções, são competências exclusivas da FIFA”.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

vinte − cinco =